Notícia

Imagem destaque notícia EDUCAÇÃO AVALIA MEDIDAS DE ENFRENTAMENTO À COVID 19 NA REDE DE ENSINO

EDUCAÇÃO AVALIA MEDIDAS DE ENFRENTAMENTO À COVID 19 NA REDE DE ENSINO

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, a educação do município de Araporã não está parada. Na manhã dessa quarta-feira (20) a titular da Secretaria da Educação e Cultura (SEMEC) reuniu-se com os diretores da Rede Municipal para avaliar o sistema de ensino não presencial adotado nesse período de crise, bem como as medidas de segurança para trabalhadores, alunos e a população assistida na escola, tudo de acordo com o plano de enfrentamento à COVID 19 dentro da rede de ensino.
Conforme a secretária, diante de uma pandemia com tantas incertezas, o planejamento escolar não pode ser abandonado. Mas as ações estão sendo revistas de forma a não prejudicar o processo de ensino dos alunos.
Dentro desse plano de contingenciamento, uma das primeiras medidas adotas pela SEMEC foi a suspensão das aulas presenciais e a implantação do sistema não presencial com atividades escolares online e tutoria dos professores. Os alunos que moram na zona rural recebem as atividades escolares em casa, uma vez por semana, bem como a tutoria necessária no esclarecimento dos conteúdos escolares.
Na semana passada, a SEMEC realizou simulado diagnóstico junto aos alunos do ensino fundamental I e II. Obedecendo as recomendações de distanciamento social estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde e pelo Ministério da Saúde, os alunos realizaram as provas de forma segura. Cada sala de aula recebeu um orientador e três alunos. O processo respeitou o uso de máscaras e álcool 70% foi disponibilizado em cada unidade escolar.
E como o papel da educação vai além da sala de aula, através da Prefeitura de Araporã, a SEMEC criou um plano emergencial para assistir as famílias em condição de vulnerabilidade social com a distribuição de cestas básicas.
Outro assunto tratado com os diretores foi sobre o calendário vacinal contra a gripe para professores e outros servidores que fazem parte do grupo prioritário definido pelo Ministério da Saúde. As orientações são para que não haja aglomeração na vacinação desses profissionais.
Ao final da reunião a secretaria disse que o município tem feito tudo o que é possível para que a educação não foram prejuízos no processo ensino-aprendizado. Ela avaliou positivamente as ações desenvolvidas e agradeceu os servidores, professor, equipe diretiva, pelo empenho, dedicação e pelo comprometimento de cada um no enfrentamento da pandemia.

GECOM – GERENCIAMENTO DE COMUNICAÇÃO