Notícia

Imagem destaque notícia EMEI LÁPIS DE COR COMEMORA COM HISTÓRIAS O DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

EMEI LÁPIS DE COR COMEMORA COM HISTÓRIAS O DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Em 20 de novembro é comemorado no Brasil o Dia da Consciência Negra. Manifestações culturais, de respeito e de conscientização são desenvolvidas em todos os segmentos da comunidade. Em 2003 foi criado como efeméride (fato histórico importante), a data foi incluída no calendário escolar e, como lei, que obriga o ensino de história e cultura afro-brasileira nas escolas.
E para celebrar a data, na última sexta-feira (22) a Escola Municipal de Educação Infantil Lápis de Cor promoveu atividade especial com os alunos. Para os alunos do turno matutino foi apresentada a história “O menino de todas as cores”. Na fábula, um menino branco que vivia numa terra de meninos brancos sai em viagem pelo mundo e tem a oportunidade de conhecer meninos de outras cores, em terras de outras corres. Assim, viajando pelo mundo, conheceu pessoas de todas as cores e, voltando para a sua terra, contou a sua experiência. Enquanto, na escola, os meninos brancos pintavam em folhas brancas desenhos de meninos brancos, ele fazia grandes rodas com meninos sorridentes de todas as cores. Quando o menino voltou à sua terra de meninos brancos, dizia: “É bom ser branco como o açúcar amarelo como o Sol; preto como as estradas; vermelho como as fogueiras; castanho da cor do chocolate.

No período, a história contada para os alunos foi “A bonequinha preta” que conta a história de Mariazinha e sua linda bonequinha preta que usa duas trancinhas, tem boca vermelha e olhos arredondados. Mariazinha cuida com muito carinho da bonequinha e as duas trocam juras de amor e amizade. Certo dia Mariazinha vai passear com a mãe e não pode levar a bonequinha, que é recomendada a ficar quietinha em casa sem fazer arte. Só que a bonequinha consumida pela curiosidade, acaba caindo da janela e desaparece, deixando Mariazinha cheia de saudades. É uma história infantil, em um mundo imaginário onde boneca e criança são amigas.
Para a direção da escola, o Dia da Consciência Negra é uma oportunidade que permite a unidade escolar refletir com os alunos sobre o preconceito que os negros sofrem em nosso país e o apagamento da cultura afro-brasileira.

GECOM – GERENCIAMENTO DE COMUNICAÇÃO