Notícia

Imagem destaque notícia Rompendo o Silêncio conscientiza sobre violação dos direitos dos idosos

Rompendo o Silêncio conscientiza sobre violação dos direitos dos idosos

Rompendo o Silêncio conscientiza sobre violação dos direitos dos idosos

Contando com parceria entre Prefeitura de Araporã, Secretaria da Ação Social, Secretaria da Saúde, Núcleo de Proteção Social Especial, Conselho Municipal do Idoso, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Polícia Militar e Centro de Apoio do Idoso de Araporã (CAIA), foi realizado na quinta-feira (22) as atividades da Campanha Rompendo o Silêncio. Os membros de cada órgão e a equipe técnica do Núcleo de Proteção Social Especial e do CRAS reuniram com os membros associados do CAIA para divulgar e esclarecer a Campanha Rompendo o Silêncio. Participaram a presidente do Conselho Municipal do Idoso, Maiara Duarte; a secretária da Ação Social, Fabianni Gonçalves; o 1º sargento Eduardo Américo da Costa, representando a Polícia Militar; e Iama Falco, diretora de Proteção Social Básica.

A campanha trata da violação dos direitos do idoso, como violência, maus tratos, abuso, abandono, dentre outros. O objetivo é chamar a atenção da comunidade para conscientização, tendo em vista as celebrações do Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, comemorado em 15 de junho.

Para a psicóloga e presidente do Conselho Municipal do Idoso, a Campanha Rompendo o Silêncio tem como objetivo contribuir na criação de uma nova cultura de não naturalização da violência, estimulando a construção de estratégias coletivas de prevenção e enfrentamento contra a violação de direitos. “A ideia é dar vez e voz ao idoso, não ignorar ou não banalizar o desrespeito à liberdade e a indignidade cometidas contra a pessoa que envelhece e que, na realidade, somos todos nós”.

Segundo a psicóloga, Araporã registra casos de maus tratos e violação dos direitos da pessoa idosa. Por isso, existe o trabalho contínuo de acompanhamento familiar, visitas domiciliares e busca ativa.

Para denunciar casos de violência contra os idosos a pessoa pode entrar em contato com os diferentes órgãos de proteção, como Polícia Militar, Polícia Civil, Conselho Municipal do Idoso, ou ainda através do Disque Direitos Humano 0800 031 1119.

 Cidade de Araporã

É pra você que a gente trabalha!